14/07/2011

Até quando vamos ficar inertes?

Fico estarrecida de ver a nossa inercia diante da catástrofe  que se instala diante de nós, lares sendo devastados devido a droga, que esta matando nossos  jovens e destruindo lares, até quando vamos permanecer alienados com se o  assunto não fosse da nossa conta?
Isso é caso de  Saúde Pública. Uma epidemia se instala já não é mais caso de policia e sim de saúde, quando nossos governantes vão sair da zona de conforto e assumir sua cota  de  responsabilidade diante do caos que domina nosso Brasil, até quando jovens  vão continuar morrendo vitima das drogas, sem que se faça algo de concreto e eficaz para dar um basta nessa calamidade publica? Até quando vamos permanecer calados?
Cabe ao governo fazer algo pela população que representa e dar suporte e tratamento para aqueles que já são vitimas dessa doença  que esta invadindo nosso país, cabe a nós Brasileiros exigir isso, cabe a nós  preservar a família e cuidar com amor exigente de  nosso filhos, vamos começar a arregaçar as mangas e lutar  antes que essa droga invada nossos lares, não adianta fingir que isso não esta acontecendo todos temos que assumir nossa cota de responsabilidade e parar de terceirizar a educação de nossos filhos, ou trocar amor por coisas materiais vamos acordar minha gente e sair dessa inercia!

Texto  do livro "Prevenção de drogas" 
À LUZ DA CIÊNCIA E DA DOUTRINA ESPÍRITA
REFLEXÕES PARA JOVENS E EDUCADORES
Rosa Maria Silvestre Santos


Falar de drogas remete-nos a questões polêmicas e exige muito realismo. Partimos do princípio de que o uso de drogas sempre será efeito e não causa.
Decididamente, podemos constatar que não existem sociedades,escolas ou aglomerado humano sem drogas.Desejar uma sociedade com um consumo reduzido de drogas poderádeixar de ser uma utopia e se tornar realidade quando a humanidadeprogredir em três aspectos:* Espiritual: é a consciência ética, a certeza da centelha divina nos corações humanos, a compreensão da finalidade da vida e o esforço individual para a reforma íntima e a evolução espiritual.* Educacional: é a crença no poder e alcance da Educação,entendida dentro de uma concepção educativa de prevenção nosentido amplo. Educar para formar e não apenas informar.* Político/Social: requer mudanças nas políticas públicas paramelhoria da qualidade de vida da população quanto à moradia, saúde,educação, infra-estrutura, salários dignos, transporte, lazer, atividades esportivas, culturais e artísticas, ética, direitos humanos. 

A DROGA E O JOVEM
O jovem desprovido de maturidade emocional, vivendo a
complexidade da vida humana, o medo de enfrentar dificuldades, as
frustrações e o modismo é um forte candidato para as drogas.
O jovem usa droga para:
* reduzir tensão emocional - ansiedade;
* remover o aborrecimento;
* alterar o humor;
* facilitar encontrar amigos;
* resolver problemas;

* seguir os colegas;
* ficar na moda;
* expandir a consciência - transcender;
* buscar o auto-conhecimento;
* atingir o prazer imediato; etc.
O jovem usuário de drogas tem dificuldade de formar um "eu" adulto
e fica sempre com uma sensação de incompletude, a droga age como
um cimento nas fendas da parede que completa seu "eu", é a
conhecida fase do "estágio do espelho quebrado" em que Olieveinstein
(1991, apud Bergeret & Leblansc) diferencia o usuário do toxicômano.
As carências constituídas na primeira infância acarretam esta "falta" ou
"incompletude" e a droga vem para completar.
O início do uso de drogas é uma lua de mel. Os pais ficam longos

desconforto de estar sem o produto, aumenta a "tolerância"(necessidade de mais doses para o mesmo efeito) e a "dependência" anos desconhecendo que o filho as utiliza. Depois da lua de mel vem o (dificuldade de controlar o consumo).
Geralmente, encontramos jovens que usam drogas legais e ilegais

nos shows e festinhas, mas não se consideram dependentes delas.
sobre os perigos da "tolerância" e da "dependência"."Brincam com fogo" e desprezam toda informação científica que alerta sobre os perigos da "tolerância" e da "dependência".

Registro aqui o alerta para todos  os cidadãos que está passando da hora de tomarmos atitudes concretas para reparar este dano e começar já no nosso lar a mudar esta realidade cruel que tenta violentar as famílias!


meus videos

Loading...