15/03/2009

Relacionamento com os filhos.

Conviver em familia é um verdadeiro exercício de paciência dois filho com idades diferentes 11 anos e 14 anos.
Independende do tamanho que seu filho tenha ele ainda age e sente como uma criança.
Isto em relação a nos mães, quando vejo que meu filho dormindo na cama de casal e suas pernas já estão para fora da cama acho que ele já esta um verdadeiro homem, mas quando acorda e vem deitar na minha cama com se fosse um bebê pedindo carinho do pai e da mãe, percebo que ele ainda é o mesmo menino que deu um trabalho enorme para aprender dormir sozinho.
Quando percebo que quando um fala o outro interrompe querendo atenção percebo que eles continuam disputando espaço no meu coração, mal sabem eles o quanto os amo e que cada um é muito especial para mim, que não precisa brigar que pai e mãe ama simplesmente sem nem saber o porquê, mas ama muito mesmo, independende de qualquer atitude amar os filhos é tão natural quanto respirar, muitas vezes nós pais não falamos do nosso amor por achar que ele é tão claro que não precisa de palavras.
Mas percebo que eles precisam ouvir e saber através da expressão da palavra o quanto a gente os ama, por não entenderem ainda o que é ser pai o que é ser mãe.
Tem pai e mãe que também ainda não entendeu o que é amar seus filhos, amam mas não sabem que amam tanto, as vezes precisam perder seus filhos para sentir o quanto amor tem no coração por seus filhos e ainda não expressaram nem em atos e nem em palavras.
Acordem pais! Acordem filhos, vivam este amor intensamente o tempo urge.
Este é o único remédio para curar esta dor chamada violência, temos aprender a expressar o amor que mora dentro de nós. Porque será que muitos preferem expressar a ira e a violência?
Será que é porque ainda não sabem amar?

meus videos

Loading...